Encontro do futebol americano & futebol na Cidade do México

Os dias passados na Cidade do México provaram a grandeza da nação dos Steelers.

Atuais e ex-jogadores como Ramon Foster, William Gay, Roosevelt Nix, Tyrone Carter, Santonio Holmes e Joey Porter participaram no México das clínicas (camps) de futebol americano dos Steelers para jovens e adultos.

Os jogadores dos Steelers adoram de participar das clínicas (camps) no México. Já é o sexto ano que o time viaja para o país.

"É um evento incrível que os Steelers realizam aqui no México, somos gratos a todo carinho, amor e respeito que recebemos aqui," disse Carter. "Estar com os fãs no campo, correr com eles e mostrar algumas jogadas é o mínimo que podemos fazer para a nação dos Steelers. Eles são os melhores torcedores do mundo."

"Queria agradecer tudo o que fizeram pela gente aqui. Me diverti bastante. Sempre vou querer fazer parte deste programa. Eu sei que todos os meus companheiros de equipe e os ex-jogadores gostam de participar também. Interagir com torcedores de outro país mostra como a nação dos Steelers cresceu ao decorrer dos anos no mundo inteiro."

Os Steelers aproveitaram a oportunidade de estar no México para assistir o treino da seleção de futebol dos Estados Unidos que enfrentou a seleção mexicana ontem no Estadio Azteca com o placar final de 1x1. A partida foi válida para a fase classificatória da Copa do Mundo de 2018.

"É uma ótima oportunidade de estar aqui no Azteca e na Cidade do México para assistir a seleção americana de futebol com antigos companheiros de equipe," disse Holmes. "É uma honra poder estar aqui e torcer para nossos compatriotas contra a seleção mexicana. Vamos Team USA!"

Jogadores dos Steelers e da seleção de futebol aproveitaram o momento para conversar sobre seus respectivos esportes e compartilhar histórias.

"É sempre bom encontrar jogadores de outro esportes," disse Neil Buethe, Diretor de Comunicação da seleção americana de futebol. "Nossos jogadores ficam animados de encontrar atletas profissionais de outros esportes. Acreditamos que o entusiasmo é recíproco. Eles serão sempre bem-vindos para acompanhar a preparação da seleção antes dos jogos."

O respeito com certeza é mútuo entre os Steelers e a seleção.

"Estar aqui e assistir a seleção de futebol dos EUA foi realmente incrível," disse Carter. "Eu descobri que eles correm mais de 12km por dia em treinamentos. Eles correm muito e isso mostra a dedicação e paixão deles pelo esporte. Eles têm orgulho de representar os EUA. Por isso queria os parabenizar e dizer que estamos na torcida por eles. Eles jogam pelo nosso país."

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising