A história da Toalha Terrível dos Steelers

A NFL está repleta de tradições, histórias e superstições. Porém, são raras as vezes em que um objeto vira presença obrigatória, ultrapassando fronteiras e que representa uma nação de torcedores. Essa é a Toalha Terrível (The Terrible Towel), um dos objetos mais reconhecidos do mundo no ramo esportivo.

A Toalha Terrível tem uma história de mais de 40 anos e que conseguiu transcender ao passar do tempo. Esta história começou em 1975 no final da temporada regular. Os Steelers tinham conquistado o primeiro troféu Vince Lombardi no ano anterior e estavam se preparando para o duelo nos playoffs contra os Indianapolis Colts.

Myron Cope era a voz do radio dos Steelers na estação WTAE. Ele e sua equipe queriam achar uma forma de motivar os torcedores e construir uma vantagem competitiva para equipe.

Porque uma toalha?

Abaixo, é um trecho de uma conversa entre Myron Cope e a equipe da WTAE. Essa conversa foi extraída de um artigo da MMQB:

  • "O que precisamos aqui", disse (Cope), "é algo que não seja pesado, portátil e que agrada os fãs".
  • "O que você acha de uma toalha? " Disse Larry Garret (vice-presidente de vendas da WTAE).
  • "Uma toalha? Tem potencial. Podíamos chamá-la de Terrible Towel", disse (Cope). "E podíamos anunciar na radio com o slogan A Toalha Terrível está pronta para atacar".

 "Toalhas douradas e pretas, as cores dos Steelers", alguém disse.

 "Não", respondeu Cope. "O preto não dará cor. Temos que pedir que levem toalhas douradas ou amarelas".

E assim surgiu a ideia da Toalha Terrível.

No sábado 27 de dezembro de 1975 foi a estréia oficial. Ninguém sabia o que esperar e se a campanha funcionaria. Durante o aquecimento dos jogadores, algumas horas antes do jogo, se via muita pouca toalha entre os torcedores que chegaram cedo. Porém, no início da partida eram mais de 30 mil Toalhas Terríveis na arquibancada do antigo estádio Três Rios (números de acordo com as estimativas de Cope). A ideia da Toalha Terrível foi um sucesso para os fãs e para os Steelers, que não só venceram esse jogo contra os Colts, mas também ganharam dos Raiders e Cowboys nos playoffs para se tornar campeão do Super Bowl X. 

Em 1978, Cope começou a imprimir a frase "The Terrible Towel" nas toalhas e registrou a marca. Desde então vimos várias versões da Toalha Terrível ao decorrer dos anos.

Ninguém deve se meter com a Toalha Terrível

Muitos rivais dos Steelers tentaram ridicularizar e intimidar a equipe desrespeitando a Toalha Terrível... e os resultado não foram bons para eles. Há muitas histórias de jogadores e mascotes de outros times que rasgaram, pisaram e destruíram o objeto especial dos fãs de Pittsburgh, mas os resultados não foram dos melhores para eles:

  • Na temporada anterior, Jeremy Hill, running back dos Bengals, tentou rasgar uma Toalha Terrível depois de marcar um touchdown contra os Steelers. Cincinnati perdeu este jogo e foram eliminados dos playoffs.
  • Em 2008, o wide receiver Derrick Mason, que na época jogava pelos Ravens, pisou em uma Toalha Terrível. Baltimore perdeu três jogos contra os Steelers na mesma temporada, incluindo uma partida dos playoffs.
  • Em 1994, em um jogo de playoffs contra os Browns, um jogador do Cleveland pisou na Toalha Terrível antes do início da partida. O resultado da partida foi 29-9 para os Steelers.

Essas são algumas de muitas histórias trágicas para rivais que maltratam a Toalha Terrível.

Aqui vai uma história curiosa sobre a Toalha Terrível

Ao procurar saber mais sobre a Toalha Terrível, me deparei com uma grande história. Sabe o que acontece quando você compra uma Toalha Terrível? Sabe o destino do dinheiro? Desde 1966, Myron Cope decidiu doar royalties para a Allegheny Valley School em Pittsburgh. Uma instituição dedicada a ajudar crianças e adultos com alguma deficiência mental. Esta instituição já ajudou o filho do Myron, Danny, e se calcula que os royalties recebidos são avaliados em quase três milhões de dólares.

A Toalha Terrível é muito mais do que um simples acessório de um time. É um ícone e representa uma grande cause. É também um elemento que une todos os torcedores dos Steelers independente de onde eles estiverem. A Toalha Terrível já marcou presença no topo do Monte Everest, na Estação Espacial Internacional e em todo canto do mundo onde tenha um torcedor dos Steelers.

This article has been reproduced in a new format and may be missing content or contain faulty links. Please use the Contact Us link in our site footer to report an issue.

Advertising